PARA VIVER MAIS E MELHOR

Pesquisa mostra que sete em cada dez brasileiros acreditam que viverão pelo menos 80 anos.

O Brasil está envelhecendo, e rápido. Segundo projeções do IBGE, nos próximos dez anos o país será mais de um milhão de idosos a cada ano e chegará a 2050 com 73,5 milhões de pessoal acima de 60 anos. É o equivalente a um terço da população, que deve chegar aos 218 milhões de habitantes no período. A expectativa de vida, que em 1940 era de 45 anos, hoje chega a 76, e deverá superar 81 em 2050.

A Pesquisa Longevidade - Envelhecimento e Expectativa de Vida, conduzida pelo Instituto Locomotiva em parceria com a Bradesco Seguros no ano passado, mostra que essa expectativa também faz parte do sentimento da população. Sete em cada dez brasileiros acreditam que irão viver pelo menos 80 anos, um objetivo cada vez mais próximo. Muitos garantem estar se preparando para isso: 60% dos brasileiros com mais de 50 manos, segundo o estudo.

Para chegar lá, no entanto, é necessário mais do que tornar-se um frequentador assíduo do consultório. Quem garante é o médico especializado em gerontologia e presidente do ILC-BR (Centro Institucional da Longevidade, em português), Alexandre Kalache. - Saúde é criada no contexto do dia-a-dia: casa, trabalho, lazer. Somente quando falha, é que a gente aciona o profissional - diz.

De acordo com o médico, além da saúde física propriamente dita, a receita para envelhecer bem envolve aspectos como estimular o conhecimento, tentar economizar algum dinheiro ao longo dos anos e ainda cultivo ao capital social.

- Você vai perder amigos, parentes, prestígio. Com o tempo, percebe que a tecnologia não vai suprir essa necessidade. À medida que a gente envelhece, entende que precisa de contato verdadeiro. Costumo dizer que longevidade rima com solidariedade - afirma Kalache.

Na Prática

O aumento da longevidade dos brasileiros é um fato que transforma a estrutura etária da população e demanda, de diversos setores da sociedade, ações para lidar com essa nova realidade. Especialmente no campo da saúde, onde os avanços vêm contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e, consequentemente, para o prolongamento da vida produtiva, o que modifica o perfil da força de trabalho e o modo como o envelhecimento é visto pela sociedade.

Desde 2006, o Grupo Bradesco Seguros promove uma série de iniciativas que buscam difundir a importância da prática regular de exercícios físicos, adoção de hábitos saudáveis e planejamento financeiro, a partir de quatro pilares: bem estar, conhecimento, convivência e finanças. As iniciativas estão reunidas no portal vivaalongevidade.com.br.

Para maiores interessados, no dia 26/08/19, das 9h às 13h, O Globo e a Bradesco Seguros vão realizar o SEMINÁRIO VIVA A LONGEVIDADE, reunindo profissionais de diversas áreas para debater a importância da qualidade de vida em todas as idades. Infelizmente, as inscrições já estão encerradas, mas o evento será transmitido ao vivo pelo Facebook do O Globo. Acompanhe! Esteja preparado para os desafios que vêm com o tempo!

É a ASASTEL sempre atenta para informar e contribuir para uma melhor qualidade de vida dos seus Associados.

Fonte: Jornal O Globo_18.09.19 / Site: https://oglobo.globo.com/projetos/vivaalongevidade/.